A cantora que "prometeu destruir o mundo gospel" com uma canção mega espiritual e de confronto, parece que se rendeu as delícias desse meio.

Com um sucesso consolidado do álbum "Fica tranquilo", a cantora Kemilly Santos resolveu "dar o braço a torcer" e saiu de sua doce independência, assinando um contrato de exclusividade com a Sony Music Gospel.

A notícia foi bastante comemorada pelos diretores e produtores da Sony, pois em batalha estava o grupo MK Music, pertencente a Família Oliveira. Esse fim, só mostra mais uma vez, que a SMG é sim, uma das grandes gravadoras desse país e que pode, sem dúvidas, ter um dos produtos mais ouvidos nas igrejas em seu poderio musical.

Entretanto, as alegrias só foram para um lado. Do outro, estão os fãs da Kemilly Santos que visivelmente não aprovaram a ideia. Muitos dos admiradores "espirituais" da ungida sonhavam com ela assinando um contrato com a MK e tirando foto com a vovó mais famosa do gospel... Porém, a Kemilly pensou mais alto!

A Sony Music não é apenas a maior gravadora do país... Ela está entre as maiores produtoras de álbuns/singles do mundo. Com um mercado tão concorrido e "caro", a melhor escolha está em investir em que tem mais recursos e visibilidade. E é óbvio, a Sony é líder nessa questão. Na MK, a situação seria bem diferente... Tudo o que é realizado hoje está de forma terceirizada (se o artista quiser ter algo de qualidade, né?), ou seja, mais gastos e contas para pagar. Então, a viabilidade do negócio é mais interessante e lucrativo se a mesma optasse pela SMG. Alguém pode dar um glória? rs

Sobre o novo CD, pouco se sabe ainda. Mas, segundo as informações extraoficiais, possivelmente no segundo semestre estaremos ouvindo o primeiro single no spotify e no youtube.

Os intercessores ministeriais já podem começar as consagrações. Eita glória! Que venha um álbum todo pentecostal!!! Recebe o manto amado?

PS.: Brincadeiras a parte, parabéns pela escolha Kemilly!!!